Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã


DETALHES


* Brotação mais rápida

Volume de massa superior a Marandú

* Baixa resistência a seca

A Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã foi lançada pela Embrapa e por parceiros em 2006, foi desenvolvida a partir de uma planta que faz parte da coleção de forrageiras da Embrapa e que, originalmente, foi coletada pelo Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), entre 1984 e 1985, na África.
Possui forma de crescimento cespitoso e seu ciclo vegetativo é perene. Sua altura pode variar entre 0,85 a 1,10m, a profundidade de plantio indicada varia de 2 a 5cm e incorporação com grade niveladora ou plantadeira,e exige um solo de média a alta fertilidade.
Essa variedade é indicada para bovinos, é utilizada para pastejo direto, rotacionado, pastejo diferido (feno em pé), integração lavoura –pecuária (IPL), pode ser consorciada com outras variedades, de preferência leguminosas.
É indicado o uso de 420 a 500 pontos de valor cultural (vc)/ha, seu plantio deve ser feito entre os meses de Outubro e Fevereiro, sua formação se da entre 90 a 120 dias, após esse período já é possível colocar animais leves (bezerros) em pasto.
Essa variedade é resistente ao ataque de cigarrinhas comuns em pastagem, sua digestibilidade é excelente.